Avaliamos o Honda HR-V nas versões LX e Touring


O Honda HR-V foi o SUV mais vendido no primeiro semestre de 2017 com 23.217* unidades. Nós avaliamos a versão de entrada (LX) e a topo de linha (Touring).
Os SUVs estão cada vez mais tomando conta do mercado automotivo e as montadoras vem explorando cada vez mais esse mercado. Se você ainda não tem um SUV, um dia você irá cogitar a compra, faça um test drive e verá.
O Honda HR-V vem se destacando nas vendas e conquistando cada vez mais o público. A versão de entrada (LX) parte de R$ 79.900,00 com câmbio manual de 6 marchas, a versão que avaliamos foi a LX com câmbio CVT que é vendido a R$ 86.800,00. O HR-V vem em todas as versões com o motor 1.8 16V SOHC i-VTEC Flex com 140cv (gasolina) e 139cv (etanol) herdado do Civic da geração passada, rodas de liga leve 17 e freio de estacionamento eletrônico com a função Brake Hold, muito útil para o trânsito. A diferença nas versões está nos acessórios e equipamentos.

A versão LX com opção de câmbio manual ou Automático CVT é básica mas com bastante equipamento, o som já vem com Bluetooth e botões atrás do volante para atender e desligar ligações. A única coisa que não da pra entender, é a tela do sistema de som ser tão pequena, a Honda poderia melhorar isso nesta versão. Os bancos são de tecido com um bom acabamento.
A versão Touring, topo de linha do modelo vem recheada de equipamentos, os faróis são de xênon com DRL e lanternas em LED, possui sensor de chuva e crepuscular, sensor de estacionamento, câmera de ré, ar condicionado digital e touch screen, bancos em couro, sistema multimídia de 7” com navegador GPS, sistema Bluetooth com HTF e “Voice Tag”, piloto automático, paddle shift, ancoragem ISOFIX para cadeirinhas e airbags frontais, laterais e de cortina para o motorista e passageiro.

 

O Honda HR-V mostrou o por quê é o mais vendido do país, a posição de dirigir agrada bastante. A direção com assistência elétrica só poderia ser um pouco mais leve nas manobras, mas nada que atrapalhe. A suspensão garante conforto e segurança, principalmente nas curvas em alta, onde o SUV se comporta muito bem e é bem estável, a única melhora que poderia ser feita é uma maior absorção de irregularidades no piso tendo em vista as ruas de São Paulo que são bem esburacadas.
Temos que dizer que o Honda HR-V é um dos melhores SUVs compactos do Brasil.  Tem um bom espaço interno que ocupa tranquilamente 5 passageiros adultos e suas bagagens. O consumo é bom, mas poderia ser melhor, a versão LX com câmbio CVT faz 6,7km/l na cidade e 8,6km/l na estrada (Etanol) e 9,9km/l na cidade e 12,6km/l na estrada (gasolina).

Luiz Soares

Designer, Jornalista e Amante do Automobilismo!

Leave a Comment


Your email address will not be published.